quinta-feira, 16 de outubro de 2008

Demónio da Tasmânia

Afinal ele existe e, contrariando o mito, tem cabelo!

7 comentários:

Cyberdúvidas disse...

O gajo que jogou na Académica não tem cabelo?
Ou não gosta de cabelo?
Ou dizia que o Demónio era careca?
Ou pensava que ele não tinha uma melena como a do Alberto João?

Anónimo disse...

falta linha editorial onde sobra topete. num dia parabens urso, noutro porco da india careca...está lindo está (estou obrigado)

Anónimo disse...

topete é aquilo que se põe na cabeça?

vejo que de capachinhos percebes tu, agora de zoologia. Então não vês que o bicho é um diabo da tasmânia?
a chamar porco ao animal!

Anónimo disse...

Falta linha editorial?
E isso espanta-te?
Um blog deixado nas mãos de um falhado destes estavas à espera que desse em quê?
Um gajo que nunca fez nada da vida e o que fez fez mal e permite-se andar para aqui aos tiros à esquerda e à direita.
Ele que se dedique à cerveja que foi para isso que ele nasceu!

Velho Gosma disse...

Caro anónimo das 10:27, não sei porque tanto te preocupa um falhado com tantos "predicados" como os que tu descreveste.
Talvez se tivesses vida própria não precisasses de, tentar, "viver" a minha.
Aliás, o que tu escreveste fez-me lembrar Aristóteles e a sua Retórica:

Geralmente são os bens que provêm do acaso que provocam inveja

Anónimo disse...

ainda por cima escreve mal (vide repetiçao do "ele", referindo-se ao sujeito criticado, numa frase tao pequena como a do final dos impropérios).
Gosma acciona o controle de postagens senao acaba como o velho cafeatenas

Velho Gosma disse...

Deixa lá isso caro anónimo das 17:13 eu tenho as costas largas (pelo menos faço por isso, eu e o dr. Manholas), se vir que isto começa a descambar então, sim, lápis azul.
Abraço