sexta-feira, 14 de setembro de 2007

A VERGONHA!

O mais vergonhoso de tudo o que se passou foi o murro em si. Isso sim denigre a imagem do país. Que técnica é aquela? Polegar entre o fura-bolos e o pai de todos, apoiado no cata piolhos, como se estivesse a fazer figas; não há lingua de fora e a posição do tronco demonstram uma técnica muito má ao nível do soco. A posição corporal de Scolari nesta foto é muito usada para dar lume a alguém em boites, não quando se quer agredir alguém. Espero a opinião do especialista do Tatebitate nestes casos. A padeira de Aljubarrota deu voltas no caixão. Essa sim, desfazia o Dragutinovic...

8 comentários:

gardel disse...

O Texto de apresentação deste post foi importado do Tribunal do Ritz e antes de para aqui ser adaptado convem dizer que tem a assinatura do estimado Juiz Dinis Sandokam.Obrigado.
Carlos

gardel disse...

Caro Velho,`
É com uma mistura de sentimentos que lhe envio os meus sinceros parabéns, na passagem de mais um Setembro.
Se por um lado canto a elegia do seu nascimento, e agradeço aos Deuses de sorte a condenação à sua amizade, tambem não desvelo o avanço inexoravel nesta centelha cósmica à qual chamamos vida.
Como tão bem me conhece, sabe que sou avesso a este género de datas.
Mas um amigo merece a excepção.
Aceite pois um abraço de aço ao som da Internacional, letrada com o tradicional "parabens a voçê".
O seu amigo Carlos

PS- desculpe o atraso. Tambem por isso não procedi à mais que justa elaboração de um post referente à efemeride.

tommy7 disse...

Desde já me penitenciando pelo atraso, ao velho gosma deixo os meus Parabéns! e o desejo de mtas felicidades e venturas!
Junto-me também ao coro do Gardel e entoo os "parabéns a voçê" ao som pujante da "Internacional".

tommy7 disse...

Com a devida vénia ao jornalista Mário Ramires do semanário "Sol", subscrevo na íntegra e assino em baixo!

"A histeria colectiva contra Scolari e a campanha como seleccionador nacional raia o absurdo. tivesse Portugal ganho à Sérvia ou à Polónia ou estivesse com o apuramento quase garantido e o irreflectido e censurável safanão ao jogador sérvio já estaria elevado a legítima defesa pela horda de treinadores e comentadores de bancada do burgo. scolari pediu desculpa aos portugueses, à Federação, à UEFA e a quem mais houvesse. Mas, para os exemplares portugueses - quedão murros a árbitros, roubam cartões em campo, destroem balneários no estrangeiro, rebentam petardos, disparam very lights contra claques adversárias, apedrejam autocarros... - já não interessa.
Scolari levou Portugal à final do Europeu e às meias-finais do mundial e, ainda assim, quis continuar. O que esta ingrata e exagerada reacção prova é que esse foi o seu principal erro."

Como me envorgonho em algumas, felizmentemente raras, vezes, de grande parte dos meus ingratos compatriotas!!

Velho Gosma disse...

Muito obrigado caríssimos Amigos por se recordarem desta velha alma penada. Agradeço, também, a todos os outros que tiveram a bondade de, via telefone, me darem um abraço solidário na passagem de mais um ano de vida.
Bem haja.

Velho Gosma disse...

Essa execrável figura retratada na foto do post é um autêntico homem dos 7 instrumentos.
O homem é selecionador de futebol com palas nos olhos; é treinador de futebol nos intervalos dos comerciais e das conferências sobre liderança pagos a peso de ouro, talvez por isso seja dos poucos que consegiu a proeza de em tês jogos,em casa, com a Grécia não ganhar UM!!!!!!!! Eu até compreendia se ele fosse o Melynchuk!; é pugilista, com péssima técnica, atente-se na postura corporal, bem mais baixo que o oponente e tenta socá-lo à distância, claro que o jab sai por baixo e não protege o queixo, ainda por cima estica o rosto desprotegido em direcção ao adversário, KO certinho!; é psicólogo, aqui sem dúvida é uma das suas vocações, sabe, como poucos, ler o pensamento das turbas e consegue manipulá-las muito bem. Intrepreta o sentimento das populaças e diz-lhe o que elas querem ouvir, fala ao coração, toca nos sentimentos mais patrioteiros e é aí que vai angariar a sua base de sustentação, aquilo que nos partidos se chamam as bases e eu chamo os básicos; finalmente é um marketeer como poucos, escolhe o seu target e trabalha-o até à exaustão. Claro que estas técnicas só funcionam porque ele trabalha em Portugal e recordando as palavras de Miguel Esteves Cardoso, Portugal é o paraíso dos parôlos. Só assim se compreende que ainda hoje se festeje uma derrota com a Gécia, em casa, em futebol como se um título continental se tratasse.
E ele goza o pratinho, eu tive o desprazer de ter sido obrigado a gramá-lo numa conferênia onde ele abertemente dizia, "se fosse no Brasil teria sido um homem morto, aqui fui um herói"

Páris disse...

Parabéns Gosminha.
Desculpa o atraso na recordação da efeméride mas problemas técnicos impediram-me de de te saudar no próprio dia.
Um abraço e, por favor, mantém essa invejável forma apesar da "idade".

P.S. Concordo inteiramente contigo no que toca à pinochistica figura do Sargentão.
Para além de tudo sobrevém o seu carácter dictatorial, déspota, arrogante e mentiroso.
Rua com ele já.
Já bastam os jogadores para nos envergonharem com as suas actitudes de meninos mimados para agora também termos um brasileiro sem classe alguma para nos fazer passar por este tipo de humilhação aos olhos de todo o mundo.

Anónimo disse...

Realmente estes brasileiros são uns acéfalos...
Com excepção das brasileiras que os manos importaram para a lusa atenas...